Header Ads

Jany Temime, figurinista de Harry Potter fala sobre as reuniões com J.K. Rowling e suas contribuições.


Como parte da promoção para o lançamento do 20º Aniversário de "Harry Potter e a Pedra Filosofal", a designer de figurino Jany Temime discutiu seu processo de trazer alguns dos figurinos  mais emblemáticos, não pertencentes ao cotidiano de Hogwarts. Como assim? Estamos nos referindo de sua contribuição desde o "Prisioneiro de Azkaban" até as "Relíquias da Morte", que podem ser notadas por exemplo no vestido do Baile de Inverno da Hermione Granger, até o vestido de casamento da belíssima Fleur Delacour. Realmente foi um trabalho impressionante. 

Além disso, como destaque, podemos ler um pouco sobre o que Jany Temime aprendeu quando conheceu J.K. Rowling e seus pensamentos sobre alguns dos figurinos; e a quantidade de insumos que a autora forneceu.


Em que medida J.K. Rowling esteve envolvida no processo de vestuário?

No início, eu a conheci e eu não tinha idéia de quem ela era - honestamente - e pensei: "Esta mulher é realmente inteligente". Ela estava interessada; ela nos deu informações quando pedimos, mas sempre com muita discrição. Ela sempre estava lá quando precisávamos dela. Ela respeitou muito o nosso trabalho, e ela gostou muito. Mas não esqueça que os livros estavam sendo escritos quando fomos chamados, então eu não acho que ela mesma soubesse o que aconteceria.

Há algum exemplo de alguma vez que você foi até ela e pediu um orientação? 

Houve momentos em que eu estava me perguntando o que aconteceria com um personagem, se um personagem voltasse, e às vezes ela nos dava uma resposta. Mas ela me contou sobre Dumbledore sendo gay no quinto filme. Eu já havia desenhado para o Dumbledore, para dois filmes, e então eu disse: "O que?! Agora você me diz isso?" Não acho que ela soubesse. Eu acho que é um processo criativo, sendo um escritor, que o permite se desenvolver com seus personagens. Eu sempre acreditei nela. Ela estava muito mais interessada nas crianças. Ela teve um relacionamento especial com cada criança, através de sua escrita. Eu acho que ela é do tipo de mulher que só diz algo quando esta infeliz ou quando você realmente precisa dizer algo. Você sabe, Michelle Obama veio para ver o estúdio com seus filhos. Era um dos aniversários da filha e eles queriam vê-la, e J.K. Rowling estava com eles. Estávamos fazendo o vestido de casamento para Fleur Delacour e o vestido estava em uma posição. Então J.K. disse: "Isso é tão bonito. Eu queria ter me casado nesse vestido". Ela estava sempre do nosso lado, ela foi legal, muito legal. As meninas de Obama eram maravilhosas. Eu mostrei todos os projetos, e elas estavam fazendo perguntas muito inteligentes. Eles eram verdadeiras fãs.

Quando ocorreu a oportunidade de trabalhar em "Harry Potter", já existem dois filmes na série?

Alfonso Cuarón tinha visto meu trabalho, e ele queria trabalhar comigo, então ele me pediu para fazer "Harry Potter". É realmente engraçado, na verdade: eu fiz um filme inglês com a mãe do produtor, mas foi Alfonso Cuarón quem me queria e me levou. Foi, para mim, realmente um sonho se tornando realidade. Eu era uma fã. Eu tinha lido os livros, e eu os amava. Lembro-me de ter que defendê-los quando eu estava no júri do BAFTA e, você sabe, eu adorei "Harry Potter".



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.