Header Ads

Evanna Lynch fala (sinceramente) sobre "Harry Potter e a Criança Amaldiçoada".


E o prêmio de sinceridade e discernimento vai para: Evanna Lynch! A atriz que interpretou a personagem Luna Lovegood nos filmes da série Harry Potter, participou neste fim de semana de um evento chamado LeakyCon em Dublin, Irlanda. Mas porque ela merece um prêmio por dizer o que todos os fãs dizem? Bem, neste evento, em que a atriz participou de diversas entrevistas, sendo uma delas ao site Buzzfeed, Evanna discutiu sobre a repercussão dos fãs de Harry Potter, e o reaparecimento de uma grande parte deles, com a chegada de "Harry Potter e a Criança Amaldiçoada" e da saga "Animais Fantásticos e Onde Habitam".

Leia mais abaixo:

As pessoas não querem abrir mão disso (Harry Potter) e seguir em frente. Os fãs mantiveram isso vivo. […] Você sabe, o mundo dela (J.K. Rowling) é tão rico, e você vê isso através do Pottermore e Animais Fantásticos e todas as outras partes do Mundo Bruxo. Você vê que ela adora dividir isso com as pessoas, e acho que isso (a paixão dos fãs) a inspirou.

E comentando sobre as críticas relacionadas ao livro/peça - que custou quase R$ 70 Temers quando chegou no Brasil, e a qualidade não refletiu o preço pago por ele...

Eu entendo que algumas pessoas não aceitem Criança Amaldiçoada, porque não é puramente J.K. Rowling. Sei que ela aprovou tudo, e ela esteve fortemente envolvida no processo criativo, mas ela não a escreveu. Então, para mim, a representação de Harry não é… certa. […] Para mim não é o mundo real de Harry Potter. Simplesmente não senti que fosse o Harry. Eu entendo as pessoas com a mentalidade purista de que se é algo da mente de J.K. Rowling então tem que ser, mas essa não é uma criação só dela, é uma criação de muitas pessoas. Da mesma maneira que os filmes são uma junção da visão e opinião de muitas pessoas sobre o universo de Harry Potter, então você não tem que aceitar isso.

Muito bem dito. Evanna sempre inteligente e coerente em suas colocações.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.