Header Ads

Coisas que você pode não ter reparado sobre Luna Lovegood.

Aqui estão alguns fatos que você deve não saber sobre Luna Lovegood e mais alguns detalhes que podem ter passado despercebido na primeira vez que leu...


Ela é a "anti-Hermione".

Isso pode parecer muito estranho à primeira vista - afinal, o oposto de Hermione Granger seria alguém como Bellatrix, certo? - mas, foi algo dito por J.K. Rowling e que faz total sentido. Ela disse que Luna era a anti-Hermione. "Hermione é tão lógica e inflexível de tantas maneiras e é provável que Luna acredite em dez teorias da conspiração antes do café-da-manhã".

É verídico de várias maneiras - Luna era um espírito livre de tantos jeitos que Hermione não era. Isso não significa que Mione não conseguia se divertir de vez em quando mas ela se deixava guiar pela lógica e pelo bom-senso enquanto Luna era... digamos que assim, mais etérea.


Luna era uma garota que acreditava no Bufador de Chifre Enrugado enquanto Hermione era alguém que não curtia matérias tão vagas quanto Adivinhação. Ambas eram brilhantes de suas próprias maneiras mas trilharam caminhos diferentes (porém igualmente brilhantes) na vida.

– Eu gostei das reuniões também – concordou Luna, serenamente. – Era como se eu tivesse amigos. - Harry Potter e o Enigma do Príncipe.


Luna e Neville quase foram um casal.

Luna não ficou com ninguém ao final de "Harry Potter e as Relíquias da Morte" mas, houveram implicações de uma química entre eles (algo que os filmes mostraram). No final, isso não resultou em nada mas Rowling revelou que eles quase formaram um casal.

Ela disse uma vez ao USA Today que começou a sentir uma conexão entre eles mas acrescentou que se eles tivessem ficado juntos, o final teria sido óbvio demais. Adicionalmente, ela também afirmou que "Neville sempre acharia os voos de imaginação de Luna alarmantes demais", apesar de sua amizade bem próxima. Teria sido uma parceria adorável mas Luna se casou com alguém que também era bem legal.


Ela se casou com o neto de Newt Scamander .

Agora que sabemos tanto sobre Newt Scamander, graças ao filme "Animais Fantásticos e Onde Habitam" (2016), resta saber que Luna tenha se casado com um membro da família Scamander. Eles eram ambos Magizoologistas e saíram "explorando e procurando criaturas estranhas", o que faz total sentido para uma amante de criaturas estranhas como Luna.

Em uma conversa online pelo perfil da Editora Blooosmbury, Rowling confirmou que Luna "descobriu e classificou muitas espécies de animais (apesar de, ela nunca ter encontrado um Bufador de Chifre Enrugado e finalmente teve que aceitar que seu pai o inventara)". É um momento peculiar porque estamos felizes por Luna mas, ao mesmo tempo tristes porque Bufadores de Chifre Enrugado não existem.


O nome dela combina com sua personalidade.

O nome Luna significa, obviamente, "lua" em Latim e através da história, a Lua tem sido responsável por fazer as pessoas ficarem malucas. Luna era constantemente alvo de deboche em Hogwarts por ser excêntrica, por ser um espírito livre e por seguir o ritmo de seu próprio coração, tanto que ela era muitas vezes ignorada. Outros alunos a chamavam de "Lunática" e nós apostaríamos que essa conexão não era mera coincidência.

– Ah, vejo. Sempre os vi desde o meu primeiro dia de escola. Eles sempre puxaram as carruagens. Não se preocupe. Você é tão normal quanto eu. - Harry Potter e a Ordem da Fênix.


Ela era originalmente uma personagem completamente diferente.

Se você estava prestando atenção durante a Cerimônia de Seleção de Harry, então você teria ouvido o famoso chapéu gritar o sobrenome "Lua." Rowling depois confirmou que esse personagem era para ser Lily Moon, uma pré-versão de Luna. O primeiro nome, Lily nunca foi confirmado em "Harry Potter e a Pedra Filosofal porque foi usado para a mãe de Harry.


Lily Moon pode nunca ter existido como um personagem propriamente dito - apesar de ela existir em Hogwarts já que seu nome foi chamado pelo Chapéu Seletor - mas ela deu a Rowling a ideia uma garota sonhadora que mais tarde se tornaria Luna, então temos que agradecer Lily por isso.

Faltava pouca gente agora. Moon..., Nott..., Parkinson..., depois duas gêmeas, Patil e Patil..., depois Perks, Sara... e então, finalmente... – Harry Potter! - Harry Potter e a Pedra Filosofal.


Suas excentricidades mascaravam um intelecto feroz.

Essa pode parecer fácil mas devido à sua disposição esquisita, Luna era frequentemente tida como alguém não muito inteligente. Ela estava disposta a acreditar em dez coisas impossíveis antes do café mas ela pegava as coisas com facilidade, como na vez em que ela ajudou Harry a entrar na Sala Comunal da Corvinal em um momento mais que crucial:

Luna esticou a mão pálida, que parecia a de um fantasma flutuando no ar, desligada de braço ou corpo. Ela bateu uma vez, e, no silêncio, a batida pareceu a Harry um tiro de canhão. Imediatamente, o bico da águia se abriu, mas, em vez do grito do pássaro, uma voz suave e musical perguntou: – O que veio primeiro, a fênix ou a chama? – Humm... que acha, Harry? – perguntou Luna, pensativa. – Quê? Não tem uma senha? – Ah, não, você tem que responder a uma pergunta. – E se você errar? – Bem, aí terá que esperar até alguém acertar – disse Luna. – Assim, você aprende, entende? – É... o problema é que não podemos realmente nos dar o luxo de esperar por mais ninguém, Luna. – Não, entendo o que você quer dizer – respondeu Luna, séria. – Bem, então, acho que a resposta é que um círculo não tem princípio. – Bem pensado – disse a voz, e a porta se abriu. - Harry Potter e as Relíquias da Morte.


Ela também ajudou Harry no mesmo livro - em um momento que diríamos que ele mais precisava - quando ela o ajudou a lançar o Patrono:

– Certo – disse Luna em tom de incentivo, como se estivessem de volta à Sala Precisa e aquilo fosse simplesmente uma prática de feitiços para a Armada de Dumbledore. – Certo, Harry... vamos, pense em alguma coisa feliz... – Alguma coisa feliz? – disse ele, a voz quebrada. – Ainda estamos todos aqui – sussurrou ela –, ainda estamos lutando. Vamos, agora... Houve uma faísca prateada, depois uma luz vacilante, então, com o maior esforço que já lhe custara, o veado irrompeu da ponta da varinha de Harry. - Harry Potter e as Relíquias da Morte.

[+] Traduzido do site Pottermore.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.