Header Ads

Harry Potter e a Criança Amaldiçoada planeja ir para mais cidades nos Estados Unidos.


O repórter Baz Bamigboye, pioneiro ao revelar a existência de "Harry Potter e a Criança Amaldiçoada", comentou em sua recente coluna no jornal britânico Daily Mail que a produção teatral já está viabilizando uma maneira de se apresentar nas demais cidades nos Estados Unidos, além de Nova York. Ao final de um fragmento de sua coluna dedicada à chegada de "Harry Potter e a Criança Amaldiçoada" na Broadway, Baz afirma:

Uma produção de Harry Potter e a Criança Amaldiçoada será aberta durante a primavera seguinte, em Melbourne, e planos estão sendo estudados para apresentações longas e fixas em outras cidades dos Estados Unidos.

E aqui fica uma grande incógnita: numa postagem feita pelos grandes portais, havia uma informação de que uma produção estava sendo feita para o Princess Theatre, em Melbourne, na Austrália. Porém quando cruzamos esta informação com a expansão das apresentações em território estadunidense, batemos de frente com Melbourne, na Flórida.

Baz Bamigboye não menciona a fonte, mas outras partes da coluna incluem declarações obtidas em entrevistas com os produtores da obra: Sonia Friedman e Colin Callender, assim como o diretor John Tiffany.

Friedman até mesmo reafirmou que J.K. Rowling ainda se opõe a trazer "Harry Potter e a Criança Amaldiçoada" para o cinema:

Jo Rowling é absolutamente inflexível na ideia de que a peça um dia será um filme. Isso foi criado para os palcos, e é assim que vai acontecer.

Como mencionado acima, parece confiável de que a obra realmente chegará à cidade australiana de Melbourne em 2019. A partir deste contexto puro, pode-se deduzir que as possíveis apresentações para o restante território americano seriam feitas em 2020 ou mais tarde. Quais cidades nos Estados Unidos, "Harry Potter e a Criança Amaldiçoada" escolherá agora que já tem um lugar cativo na Broadway? É difícil deduzir, embora a melhor pista que temos seja uma lista de domínios oficiais para o trabalho registrado em 2015, uma semana antes do anúncio oficial de sua existência.

Os únicos quatro lugares americanos na lista são Boston, Broadway, Chicago e Nova York - sim, eles tecnicamente registraram dois endereços para a cidade. Resta saber se a equipe de construção escolherá realmente Boston e Chicago, ou se é melhor modificar os registros  de endereços da Internet.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.