Header Ads

Cartas de Alan Rickman revelam que o ator estava frustrado ao interpretar Snape.


Todo mundo sabe do amor que os fãs da saga Harry Potter ainda nutrem pelo ator Alan Rickman, mesmo após sua morte. Porém, não posso dizer o mesmo sobre o seu personagem, Severo Snape, que divide opiniões entre amor e puro ódio. Por um lado, fico feliz em perceber que este mesmo fandom consegue separar o ator do personagem, por outro, um pouco triste pelo ódio acrescido a um personagem tão bem construído - pelo menos nos livros.

Pois bem, acontece que algumas cartas da coleção pessoal de Alan Rickman irão a leilão por um valor nada simbólico de £950,000. Se me permitem um adendo, acho péssimo essa coisa de ficar leiloando as coisas dos atores quando eles morrem, mas as cartas, tanto escritas, quanto recebidas pelo ator, revelam que ele estava frustrado ao interpretar Severo Snape nos filmes.

Em uma destas do produtor David Heyman, Alan Rickman recebe muitos elogios após o fim das gravações de "Harry Potter e a Câmara Secreta", por exemplo: “Obrigado por ajudar HP2 ser um sucesso”, escreve Heyman. “Eu sei que você se sente frustrado, mas saiba que és parte integral desses filmes. Você é brilhante!”, completa a carta.

E claro, disso nenhum de nós pode discordar. Alan Rickman é parte integral dos filmes. Não poderia existir ator mais adequado para interpretar o professor de poções, e ainda que existam alguns fãs que defendam que a história seja somente sobre o Harry, outros concordam que a saga engloba o Snape tanto quanto o próprio Harry.

Já em 2009, em uma outra carta, Alan detalha sua frustração como o diretor David Yates retratou o personagem. O diretor comandou os filmes de desfecho da série, de "Harry Potter e a Ordem da Fênix" até "Harry Potter e as Relíquias da Morte".

A nota em questão, datada da época em que "Harry Potter e o Enigma do Princípe" estava sendo produzido diz:

É como se o David Yates tivesse decidido que essa parte do personagem não fosse importante por causa do apelo a audiência adolescente.

Não precisa dizer muito não é mesmo? O livro "Harry Potter e o Enigma do Princípe" é considerado por muitos fãs a obra prima de Rowling, e nas mãos de David Yates foi reduzido a um dramalhão adolescente, meloso, beirando produções como a novela Malhação da Rede Globo. Integrarão o lote do leilão, ainda, algumas cartas trocadas entre  a autora e roteirista J.K. Rowling e Alan Rickman. Nelas a criadora da saga inclusive agradece o ator pela interpretação de Snape nas telas:

Obrigado por fazer justiça ao personagem mais complexo que já criei.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.