Header Ads

J.K. Rowling compartilha dicas para quem quer escrever


A autora e roteirista J.K. Rowling, atualizou a sessão de perguntas e respostas do seu site oficial, contemplando os seus leitores com algumas dicas para quem quer escrever, dando um pequeno guia de precisa-se e do que ela precisou em suas crianções. A autora não abordou nenhuma novidade sobre o que está escrevendo atualmente, nem deu pistas mais claras sobre os próximos trabalhos, mas o que temos é um panorama sobre como esse processo - de escrita - ocorre em sua vida.

J.K. Rowling dividiu essa publicação em cinco partes, e abaixo você encontra a tradução da primeira delas. Vale a leitura.

Na escrita - parte um


Você tem dicas para os outros que tentam escrever?


Eu tenho que dizer que não suporto listas de 'devo fazer', seja na vida ou na escrita. Algo em mim se rebela quando me dizem o que devo fazer antes de completar cinquenta anos, ou tenho que comprar a temporada, ou tenho que escrever se quiser ser ter sucesso.

Dez hábitos que todos os escritores best-sellers têm em comum. Essas cinco dicas vão transformar sua escrita! Siga as dicas de ouro de J.K. Rowling para o sucesso!

Eu não tenho dez regras que garantem o sucesso, embora eu prometa que as compartilharia se tivesse. A verdade é que eu encontrei o sucesso tropeçando sozinha em uma direção que a maioria das pessoas achava que era um beco sem saída, quebrando todos os princípios da década de 1990 sobre livros infantis no processo. Os protagonistas masculinos estão fora de moda. Internatos são anátema. Nenhum livro infantil deve ter mais de 45.000 palavras. Então esqueça o 'devo fazer' e se concentre no 'você provavelmente não vai ficar longe sem', que são:

Leitura


Isto especialmente para escritores mais jovens. Você não pode ser um bom escritor sem ser um leitor dedicado. A leitura é a melhor maneira de analisar o que faz um bom livro. Observe o que funciona e o que não funciona, o que você gostou e por quê. No começo, você provavelmente imitará seus escritores favoritos, mas essa é uma boa maneira de aprender. Depois de um tempo, você encontrará sua própria voz.

Disciplina


Momentos de pura inspiração são gloriosos, mas a maior parte da vida de um escritor é adaptar o velho clichê à transpiração, e não à inspiração. Às vezes você tem que escrever mesmo quando a musa não está cooperando.

Resiliência e humildade


Estes andam de mãos dadas, porque a rejeição e a crítica fazem parte da vida de um escritor. O feedback é útil e necessário, mas alguns dos maiores escritores foram rejeitados várias vezes. Ser capaz de se levantar e continuar é inestimável se você quiser sobreviver ao seu trabalho sendo avaliado publicamente. O crítico mais severo está dentro de sua própria cabeça. Hoje em dia, geralmente posso acalmar esse crítico em particular, alimentando-o com um biscoito e dando-lhe uma folga, embora nos primeiros dias eu tivesse que tirar uma semana de folga antes de ter uma visão mais gentil do trabalho em andamento. Parte da razão pela qual houve sete anos entre ter a ideia de Harry Potter e a Pedra Filosofal e publicá-la foi por que eu guardei o manuscrito por meses, convencida de que era um lixo.

Continua…

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.