Header Ads

SPOILER: Desvendaram a expulsão de Newt Scamander.


Um dos assuntos que vem movimentando os grupos de discussões de fãs na Web, é também um mistério ainda não apresentado em “Animais Fantásticos e Onde Habitam”, mas já perguntando a própria J.K. Rowling via Twitter, que é o motivo da expulsão de Newt Scamander, interpretado no longa por Eddie Redmayne. No filme que ainda está em cartaz e arrecadando boas bilheterias por todo o mundo, o personagem Percival Graves fala da expulsão de Newt da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, sob motivos de colocar uma vida humana em perigo com uma criatura mágica. Percival também salienta a predileção de Dumbledore pelo Newt.

A grande questão que está tirando o sono dos fãs, é que diferente de Hagrid, que também foi expulso, Newt Scamander carrega sua varinha e parece não enfrentar maiores dificuldades por isso, além de sua biografia em “Animais Fantásticos e Onde Habitam” afirmar claramente que ele se formou na escola antes de se juntar ao Ministério da Magia. Vale ressaltar que a autora J.K. Rowling afirmou em seu twitter que isso será explicado nas continuações, não dando nenhuma informação importante ou pertinente, apenas acalmando os fãs.

Se você não tem curiosidade de saber mais sobre esse tema, aconselho você a não continuar.

O usuário FBAWTFTmovie do Twitter, fez uma descoberta incrível no livro “A Maleta das Criaturas”, criado por MinaLima e escrito por Mark Salisbury. 


No livro existe um sumário da vida de Newt Scamander, que afirma que o aluno lufano se apaixonou por criaturas mágicas desde cedo. Em Hogwarts ele se interessou pelo Trato das Criaturas Mágicas, assim como sua amiga Leta Lestrange. Certo dia, Leta fez um experimento que foi longe demais, colocando a vida de alguém em perigo. Newt, ao invés de deixar sua amiga ser expulsa, assumiu a culpa pelo experimento, sendo expulso em seu lugar. 

Além dessa informação crucial, pode ser encontrado também uma cópia do formulário lido por Percival Graves, revelando o motivo da diferença entre as expulsões de Newt e Hagrid. O formulário afirma que o magizoologista teve a expulsão proposta por posse ilegal de uma criatura mágica – um furanzão, descrito por Newt como um furão de grande porte, exceto pelo fato de poder falar. A infração, ocorrida em 1913, nunca chegou a ser executada, pois Alvo Dumbledore defendeu Newt, resultando na retirada das acusações.

Embora todo o material gráfico dos filmes seja de responsabilidade de Miraphora Mina e Eduardo Lima e não do diretor ou da roteirista, a dupla já afirmou ter se encontrado com J.K. Rowling antes das filmagens, justamente com o objetivo de recolher detalhes que somente ela poderia saber. Veja a imagem do livro em questão:

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.