Header Ads

Diretor de animação de "Animais Fantásticos" fala como projetou o Obscurus de Credence à vida.


Como parte da agenda de promoção do lançamento do DVD e Blu-ray de "Animais Fantásticos e Onde Habitam" no início da próxima semana, Pablo Grillo, Diretor de Animação do filme, discutiu como ele trouxe a massa negra enigmática do Obscurus de Credence Barebone à vida através de efeitos visuais.

Provavelmente a criatura mais desafiadora foi o Obscurus, embora seja uma criatura ou não, é uma questão difícil, é uma espécie de besta que é a encarnação da magia retorcida e reprimida de Credence. É uma dessas coisas que é descrito como uma massa negra, uma força escura, e é muito ambíguo. Uma forma ambígua, algo que se forma e se desloca, que poderia ser de qualquer tamanho, mas teve que, em sua última análise, expressar a raiva interior, sua fúria, sua confusão. Ser capaz de expressar essas coisas através de uma massa tão ambígua é um grande desafio - torna-se uma peça de arte expressionista ao invés de uma abordagem convencional à psicologia animal que você pode fisicamente ancorar. É muito interessante e muito desafiador em nível técnico, bem como criativo, porque você está lidando com um monte de simulações e FX que têm de ser controlados para serem expressivos, mas são indisciplinados porque as simulações precisam seguir por si só. O resultado certo, as camadas certas, para usar e obter esse efeito é um grande desafio.

Pablo Grillo também discutiu a criação digital de várias outras criaturas mágicas, incluindo o Pelúcio, Tronquilho, Pássaro-Trovão, o Occamy, Seminviso e até mesmo um par de animais deixados fora do filme, como o Lethifold e Kappa (este último referenciado na série de livros de Harry Potter), que pode ser lido em inglês, neste link.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.