Header Ads

E se Harry, Rony e Hermione nunca tivessem se tornado amigos em "A Pedra Filosofal"?

O quê teria acontecido se Harry nunca tivesse feito amizade com Rony e Hermione? Ou se ele tivesse sido mandado para a Sonserina? Nós exploramos a realidade da vida de Harry no primeiro livro.


Histórias, assim como a vida, são determinadas por decisões. Lorde Voldemort decidiu assassinar os pais de Harry. Alvo Dumbledore decidiu colocá-lo, ainda bebê, na segurança dos Dursley; os Dursley decidiram tratar Harry como um ser insignificante. E por aí vai. Decisões são os caminhos que escolhemos no lugar de todos os outros caminhos. Daí surge o nosso fascínio por caminhos não percorridos - as decisões que não fizemos e o que teria acontecido se tivéssemos escolhido de maneira diferente. Na física quântica, isso é conhecido como a teoria dos múltiplos mundos: a teoria de que toda decisão é na verdade uma ramificação, e todas as decisões alternativas estão acontecendo em realidades paralelas, em mundos alternativos. A principal ramificação para a série de Harry Potter é, lógico, o primeiro livro, A Pedra Filosofal. Mas em relação aos caminhos mágicos não percorridos? Quais decisões teriam alterado a série como a conhecemos? Vamos descobrir...

E se Harry Potter não tivesse crescido no mundo trouxa?


Direto do primeiro capítulo de A Pedra Filosofal, uma grande decisão foi tomada: Alvo Dumbledore decidiu deixar Harry Potter com seus parentes trouxas, os Dursley, na esperança de que pudessem ter uma criação normal. Mas e se Dumbledore tivesse tomado outra decisão? E se Harry não precisasse estar onde estava o sangue de sua mãe e tivesse sido criado no mundo mágico ao invés do mundo trouxa? Bom, é seguro afirmar que o garoto modesto e humilde que conhecemos dos livros não existiria. Ele chegaria em Hogwarts com um amplo conhecimento de magia e tendo seu ego inflado. Será que ele teria sido um Gilderoy Lockhart em formação? Ou talvez, depois de ter sido pedido pela milésima vez por uma selfie mágica ("pode levantar seu cabelo para vermos a tatuagem?") ele poderia ter se cansado da fama. De qualquer maneira, é duvidoso de que essa criação teria forjado o caráter necessário para derrotar Voldemort. A infância dele com os Dursleys não foi feliz mas o tornou quem ele era.

E se Harry não tivesse conhecido Rony na plataforma nove três-quartos ?


Nem tudo é decidido com antecedência, é lógico. Algumas coisas são decididas na hora. Pegue por exemplo, Harry esbarrando em Rony na plataforma nove três-quartos, que foi a maneira que ele conseguiu atravessar a barreira mágica. O que teria acontecido se o destino tivesse outra ideia? Para começar, Harry teria tido problemas para pegar o Expresso de Hogwarts. Mas vamos apenas assumir que ele seja esperto o suficiente para descobrir essa sozinho porque há maiores questões em jogo. Se Harry não tivesse conhecido Rony na estação de King´s Cross, então eles não teriam se sentado juntos no trem, nunca teriam feito amizade por causa de doces e Rony nunca teria sacado sua varinha e chamado a atenção de Hermione Granger, uma das figuras mais importantes da série de Harry Potter. Os eventos da série de Harry Potter teriam se desenrolado sem a ajuda de Rony? E se, por exemplo, ele tivesse conhecido Neville Longbottom ou Draco Malfoy? Teriam algum deles ajudado na busca pela Pedra Filosofal ou teria conseguido vencer um jogo gigante de xadrez?

E se Harry tivesse sido colocado na Sonserina?


Essa é uma grande questão: o momento em que a série de Harry Potter poderia ter se desdobrado de uma ou duas maneiras. Se Harry tivesse sido colocado na Sonserina, teria alterado seu caminho drasticamente. É duvidoso, por exemplo, que ele tivesse desenvolvido uma forte amizade com Rony e Hermione. Mas isso não necessariamente significa que ele teria se dado bem Draco Malfoy tampouco. Afinal de contas, ele é o pior de todos. Sem ter o apoio de Rony e Hermione, também lança dúvidas em relação à habilidade de Harry de solucionar o grande mistério da série. Talvez teria havido um amigo super-inteligente e heróico da Sonserina para ajudá-lo? Ou talvez ele teria falhado em encontrar a Pedra Filosofal e depois, inadvertidamente, feito o mundo bruxo retornar às trevas quatro anos antes? E se isso tivesse mesmo acontecido, Harry teria conseguido puxar a espada de Grifinória do Chapéu Seletor em A Câmara Secreta?

E se Rony não tivesse sido implicante com Hermione?


Essa é uma daquelas coisas que podem parecer insignificante mas é na verdade muito importante. Desde o início do livro Harry e Rony são amigos mas demoraram um pouco a formarem um vínculo com a espertalhona e pomposa Hermione. Na verdade, após ela se exibir na aula de Feitiços, Rony foi particularmente mesquinho com ela: "Não é à toa que ela não tem amigos, ninguém a suporta. Ela é um pesadelo, honestamente". Hermione se debulha em lágrimas ao ouvir isso. Agora, é lógico que há uma chance que Harry, Rony e Hermione teriam feito amizade de uma maneira diferente, mas daquele jeito, foi a implicância de Rony que enviou Mione em lágrimas para o banheiro das garotas e a fez colidir com um troll. Você não pode conseguir um exercício para formar laços melhor do que esse. Então por quê essa cadeia de eventos é tão importante? Porque, como mencionamos mais cedo, Hermione é uma das figuras mais importantes da série: um gênio vital para solucionar os mistérios que o trio tem que resolver ano após ano. Apenas pegue Pedra Filosofal, onde Hermione acha o livro que resolve o mistério da Câmara Secreta enquanto inconsciente ou salva o dia com um Vira-Tempo em O Prisioneiro de Azkaban. A lista é longa. Se o trio não tivesse criado laços após o incidente com o troll, se Harry e Rony não tivessem feito amizade com Mione, é seguro apostar que a série de Harry Potter teria consistido em Harry e Rony apenas vagando por aí, sem resolver nada. A vitória de Voldemort teria sido rápida e fácil.

Para comemorar o vigésimo aniversário de Harry Potter e a Pedra Filosofal, o site Pottermore irá explorar temas, momentos, personagens e muito mais da primeiríssima história potteriana. Volte terça-feira quando analisaremos as coisas desprezíveis que os Dursley fizeram no primeiro livro.

[+] Traduzido do site Pottermore.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.