Header Ads

J.K. Rowling responde a perguntas sobre a saga Animais Fantásticos


Pouco está faltando para a estreia de Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald, e J.K. Rowling decidiu aproveitar esse tempo para responder a duas perguntas sobre a saga. A escritora publicou hoje em seu site um novo artigo em inglês chamado "Últimas Respostas às Perguntas Mais Frequentes", trazendo neste contexto dúvidas à criação da série de filmes para Animais Fantásticos e aos personagens que vamos ver.

Apresentamos-lhe a tradução do texto completo:

Você cria o que vemos nos filmes Animais Fantásticos com tantos detalhes quanto nos livros de Harry Potter?


A Warner Bros. adquiriu os direitos de Animais Fantásticos anos atrás, então eu sabia que poderia se tornar um filme um dia, mas as discussões que tivemos sobre isso foram muito vagas. Lembro-me de pensar que, se alguma coisa fosse criada, eu tinha que me certificar de que eles fariam Newt Scamander bem, porque embora ele nunca aparecesse de forma alguma nos livros de Harry Potter, exceto como um nome, ele sabia muito sobre ele. Ele capturou minha imaginação quando eu estava escrevendo seu livrinho. Imaginei-o como um homem teimosamente diferente e excêntrico, que não sabia lidar com os humanos, mas que era fenomenalmente talentoso com os animais. Quanto a Dumbledore e Grindelwald, eu conhecia uma quantidade enorme de coisas mais do que aparecia nos livros, e essa é a minha oportunidade de mostrar/contar uma parte dela. Claro, em um filme, revela-se uma história de uma maneira diferente daquela que se usa em um romance. Às vezes, uma única olhada faz o trabalho de três parágrafos. Como os leitores dos livros originais saberão, os dois [Dumbledore e Grindelwald] não se encontram há muito tempo entre suas interações como adolescentes e seu momento de confronto em 1945. Ainda assim, estaremos explorando sua história de fundo nos filmes. 

Com que tipo de 'animais' estaremos lidando aqui: humanos ou animais?


A ideia de animais funciona em vários níveis diferentes nos filmes. Existe o significado literal de criaturas não humanas: algumas são bonitas, algumas são aterrorizantes, outras são apenas estranhas. E depois há o sentido metafórico do animal dentro de um homem, as emoções cruas que um gênio manipulador como Grindelwald sabe acariciar e usar. Também estamos lidando com a ideia de pessoas animais: que alguns humanos são menos que humanos. Mesmo onde há grande carisma e inteligência, talvez haja uma completa falta de consciência. Finalmente, estou explorando a ideia de criar animais, o que é uma maneira de dizer, desumanizando nossos companheiros seres humanos, como o primeiro passo para a crueldade ou o extermínio. Então, nesta jornada através de uma paisagem animal de nossos quatro personagens originais, liderados pela figura deselegante de Newt Scamander, que ama a pureza das criaturas que o mundo poderia chamar de monstros. O mundo humano em torno de Newt e seus amigos está ficando mais sombrio e complexo, e a perseguição original de criaturas fugitivas se tornará uma perseguição por algo muito mais elusivo e difícil: um retorno à humanidade.

É possível notar que J.K. Rowling teve que repetir até cansar, as respostas a estas perguntas para promover os dois filmes Animais Fantásticos e Onde Habitam e Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald em entrevistas com a mídia e em vários featurettes. Com essas duas respostas sem spoilers, J.K. Rowling deixa preparado o caminho para poder discutir as coisas mais específicas de Os Crimes de Grindelwald após o lançamento do filme esta semana. Afinal, foi o que ela fez depois da estréia de Animais Fantásticos e Onde Habitam.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.